Para memória futura

Paulo Mota Pinto – pessoa que não me parece particularmente inteligente – provável ministro num eventual governo PSD (que Deus nosso Senhor nos livre de tal sina, Cruzes Canhoto) acaba de afirmar que o Sol prestou um “serviço público” ao divulgar escutas de elementos que estão em segredo de Justiça (percebem agora o “que Deus nosso Senhor nos livre de tal sina, Cruzes Canhoto“?).

Esta foi a parte em que ele cuspiu para o ar. Agora vamos esperar que aquilo caia.

Carlos Monteiro

Anúncios

4 comentários

Filed under Uncategorized

4 responses to “Para memória futura

  1. Não fez? Preferias que o empregado daqueles cujas fotografias colocaste lá em cima continuasse a fazer o que faz sem que tu soubesses?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s