Monthly Archives: Novembro 2012

Impostos socialistas maus, impostos sociais-democratas bons

Já há muito que se fala deste vídeo. Ele representa em pleno o pensamento dominante de muita gente, incluindo os mais prejudicados pela política de austeridade que nos está a ser imposta.

No seu comício semanal, o Professor Marcelo falava em tom radiante, igual ao puto parvo que fica contente por causa do colega que respondeu errado à professora, sobre os cortes nos rendimentos e sobre a austeridade em geral. Que «Sócrates cortou um subsídio» e repete uma, duas, três vezes. Vai-se a ver e Sócrates nunca cortou subsidio nenhum e Marcelo vê-se confrontado com isso pela Judite de Sousa que o interpela. O ar incrédulo dele é revelador: Incrédulo com a sua infalibilidade, Marcelo dá a mão à palmatória mas… Afinal cortar subsídios não foi obra de Sócrates, foi obra de Passos Coelho, mas a decisão não é errada! É acertada!

E assim é com Marcelo e com toda a gente, a qual apesar de estar sujeita à maior carga fiscal que esta Nação já conheceu, por mera falta coragem de quem governa e que vai resultar numa situação pior do que aquela em que estávamos há ano e meio atrás quando já não aguentava mais impostos do PEC4, pelo menos agora é roubada pelos “bons”!

Vejam a idiotice até ao fim que vale a pena.

2 comentários

by | Novembro 23, 2012 · 19:44

O sonso

Imagem

Depois de longa ausência dos blogues, meio de expressão do qal me afastei por achar que a “política de internet”, para além de ignorante, é alheada da realidade, vi-me forçado a voltar porque há coisas que precisam ser escritas e os outros meios não servem os meus propósitos. 

O “sonso” é o meu tema de regresso. O sonso é o nosso Presidente da República. Uma espécie de Presidente em cima do muro, como dizem os brasileiros, expressão que significa que enquanto não é com ele, não sabe, não quer saber,está tudo bem. É com os outros. É assim que se comporta este PR, em relação aos portugueses. Os problemas dos portugueses são com os portugueses, não com ele, Cavaco. Com excepção do dia em que se queixou da sua pequena pensão…

Leio agora que o sonso afirma, segundo noticia o Ionline, que “É necessário ultrapassar o estigma que afastou Portugal do mar, agricultura e indústria“.

Ele disse isto, sim! Ele, que foi quem afundou a nossa frota pesqueira, transformou os nossos agricultores em subsidiocultores e achou que de indústria só a do turismo e dos eucaliptos é que interessava.

Hoje, temos o país que temos, sem pescas, sem indústria, sem população no interior e com turismo de pé descalço graças a este sonso que faz uma afirmação destas! Mas ele continua do alto da sua sonsice a passar incólume à antipatia geral dos portugueses pelos políticos.

O que eu acho incrível e também me levanta dúvidas sobre este povo, muito semelhante aos políticos que elege…

2 comentários

Filed under Uncategorized

1Q84 – Haruki Murakami

A exemplo de outras boas descobertas, também desta vez o culpado é o Tó. Amigo de doutos conhecimentos no que diz respeito a tudo o que verdadeiramente interessa nesta vida.

Obrigatório. Amanhã inicio o segundo.

Deixe um comentário

Filed under Livros